.01

dúvidas frequentes

 

Qual é a diferença entre psicanálise, psicologia e psiquiatria?

A psicanálise está interessada nas singularidades. A ideia do método é amplificar a potencialidade de vida do analisando, ajudá-lo a entender a sua responsabilidade na maneira como vive, trabalha, sofre, ama, ajudá-lo a mudar o que for de sua vontade. O psicanalista parte dos recursos do analisando, dos seus desejos, de suas dores. 

Já a psicologia estuda o comportamento coletivo e trabalha para aproximar a experiência do paciente em direção a este comportamento. 

A psiquiatria entende o sofrimento psíquico como doença e é a única das três que pode usar dos recursos médicos farmacológicos. As especialidades trabalham muitas vezes em conjunto e para alguns casos é importante que isso aconteça. 


Como funciona o pagamento em psicanálise?

Os primeiros encontros em psicanálise não são pagos, é o que chamamos de entrevistas preliminares. Durante as entrevistas analisando e analista têm a possibilidade de conhecerem um ao outro. E é nesses encontros que o pagamento é conversado. Para a psicanálise o investimento feito pelo analisando tem um valor simbólico que ultrapassa as questões financeiras. 


E o sigilo?

O convite para um processo psicanalítico é que o analisando se sinta livre para falar tudo o que lhe vier à mente. Para tanto, o compromisso do analista com uma escuta atenta e livre de julgamentos morais é condição primeira para o sucesso do tratamento. Assim como é condição inegociável seu sigilo absoluto. Ainda com alguma dúvida? Meu e-mail é contato@robertadalbuquerque.com.br Pode perguntar.